dezembros
foto em homenagem à Clarice que faria cem anos semana passada, mas que é imortal

Dezembros

era dezembro daquele dia.

éramos mais jovens e não sabíamos, como poderíamos?, de nós ali e depois.

dezembro te trouxe.

de alguma forma, dezembro costuma te trazer até mim.

era dezembro de um dia festivo e triste.

vieste.

fizeste fogueira. 

ardi.

dezembro tem teu gosto e meu corpo guarda o teu afago.

dezembro também tem um muro alto, bem alto. Transpasso. 

me acho num beijo desses que a gente se perde e se esquece de beijar. fica ali, só, inebriada, fundindo-se, sabe?

dezembro

me lembro daquele dezembro e torço pra que aquele encanto te traga de novo

de volta

para maio nunca mais te levar 

de mim.

0 Comentários

Mais Sem categoria