Nerds are the new cool. Precisamos falar sobre

Nerds: precisamos falar sobre eles

Nerds are the new cool. Precisamos falar sobre eles:

Com óculos fundo de garrafa em uma armação sem nenhum design, com roupas largas, sem grife, meio frouxas e bem velhas, puídas, com um nariz meio grande e sempre com alguma alergia, eu hoje vos trago uma das personalidades mais sensíveis e bonitas de se conviver: O Nerd.

Conheço alguns e ando bem desconfiada de que eu ando me tornando uma. Não pela alergia, que ainda bem, não tenho, mas pelo comportamento mais recluso. Sim, o Nerd não é afeito a multidões, ele só anda em boa companhia, o que, por vezes, significa andar só.

Você, amiga leitora ou amigo leitor, que anda aí gastando lágrimas e energia pelo playboyzinho popular e arrumadinho, ou por aquele pseudo surfista que se faz de descolado e desinteressado, mas que, no fundo, se utiliza da barba e dos cachinhos pra ser um sedutor barato, preste bem atenção no Nerd que está do seu lado, talvez ele até já seja seu melhor amigo, talvez ele até já te ame e só falta você enxergar ali o amor da sua vida e ser feliz.

As qualidades são muitas, veja:

Sensibilidade. O Nerd é, antes de tudo, um sensível. Uma pessoa tímida, que fala pouco em público, mas, se você estiver na roda dele, dos Nerds, você vai ouvi-lo falar um monte sobre filmes, séries e livros, logo, ele está aberto às artes, ainda que seja sobre apocalipse zumbi, não importa, importa é que ele, ou ela, claro, está aberto a novas formas de pensamento, de expressão, de compreensão do mundo. Logo, ele vai ter muita coisa pra te contar, já que o cognitivo dele é aguçado, porque, creia, a arte deixa a gente mais inteligente, ainda que, atualmente, andem dizendo que não.

Articulado. Quem lê, que vê, quem escuta, quem toca, enfim, quem se interessa por manifestações artísticas enriquecem o vocabulário, geralmente são mais tolerantes porque “convivem” com pessoas e pensamentos distintos do seu, e ainda tem assunto pra qualquer hora e qualquer roda, pois as fontes que alimentam seu reportório são diversas. Arte faz bem igual vitamina C.

Atento e sagaz. Outra coisa, uma pessoa que lê, vê filmes, etc, sempre vai ter uma frase de efeito para as horas mais difíceis da sua vida. Você tá lá, péssima, frustrada com o estágio, com o emprego, com o marido… Tenha certeza de que seu amigo nerd vai se lembrar de uma frase que ele viu não sei aonde, pode ter sido no Harry Porter, no Senhor dos anéis ou na saga Crepúsculo, não importa, que vai calhar direitinho na sua situação. No mínimo, vocês darão boas risadas.

Cultura – ainda que inútil – e dinamismo. Ele, ou ela, sempre terá alguma novidade inútil – mas você vai achar interessante de alguma forma – de algo que algum outro nerd anda fazendo na Eslováquia, no Paquistão, na Rússia. Um campeonato de alguma modalidade sobre a qual você nunca ouvira falar, mas que, ao ver na tela do celular de um nerd, você ficará impressionada. Logo, o nerd sempre vai ter alguma coisa pra te mostrar e vai te livrar da monotonia “política – dieta – emprego – procedimentos estéticos”. Ah! O nerd não tá nem aí pra dietas e procedimentos estéticos, ele não repara de forma alguma na sua gordura localizada, na celulite, nas rugas, etc. Sobre política, com certeza ele sabe, pois os nerds são, antes de tudo, inteligentes e antenados.

Ombro/ouvido amigo. O Nerd é o melhor ouvido que você poderia ter. Sensível, como eu já falei acima, ele é excelente ouvinte. Olhar atento, coração buscado consolar, pois ele bem sabe o que é sofrer abandono – dos coleguinhas do colégio -, amor platônico – pois geralmente se apaixona pela menina mais linda da turma antes de se apaixonar por uma nerd como ele e ser feliz pra sempre – os nerds sabem das coisas e vão te oferecer um colo deliciosos pra você chorar. Até ele vir com a tal frase do Star Wars, por exemplo, pra te consolar. Talvez uma do Darth Veider: – Welcome to the dark side of the force! Não é o máximo?

Pois aqui do meu lado na mesa da padaria, há um casal no qual o rapaz é nerd. Faz um tempão que ele mostra pra ela com todo entusiasmo coisas que ele acha o máximo e ela não sei se finge, ou se realmente está interessada. Ele já a ouviu contar de suas mazelas e a acolheu lindamente, ele já se levantou mil vezes da cadeira dele em frente pra sentar do ladinho dela e mostrar a tal russa campeã mundial de algo que ela, a namorada, não tinha a menor ideia de que existia. Nerd adora que as pessoas se interessem pelo que ele ama de paixão e esconde no submundo do seu quarto.

Já eu, com meu ouvido fofoqueiro para a sensibilidade desse mundo tão assolado pelo insensível, venho aqui em favor dos Nerds e em favor de você que não deu trela pra esse perfil que pode ser sua alma gêmea.

Se liga!

2 Comentários

  1. Marcos

    É a primeira crônica da Luciana que leio. Vou ler muitas…hehe. Leve, agradável e enxuta sem deixar de ser densa (para uma crônica). Pra cima e bem humorada. Vamos continuar…

    1. Luciana Targino

      Oi Marcos, que palavras mais gostosas de se ler. Obrigada! Até a próxima. Toda quarta tem.

Mais Sem categoria